"Abre a tua boca a favor do mudo... - Provérbios 31:8" ANO 28  
Menu
Início
Notícias
Nossa História
Artigos
Links
Fale Conosco
Fotos & Flashs
Enquetes
Igreja Presbiteriana
Audio (Podcast)
Video
Biblia Online
Teatro
Quem somos?
Peças
Oficina
Agenda
Notícias
Música
Quem somos?
Homenagem
Agenda
Notícias
Jornalismo
Quem somos?
Jornal ENFOK
Projetos
Agenda
Notícias
Procurar


Contradições da Felicidade PDF Imprimir E-mail

 revsergio

O Rev. Sérgio Andrade trata de um assunto muito interessante neste seu artigo. Trazendo uma excelente reflexão entre o que temos e somos e o que é a verdadeira felicidade.
Este artigo foi retirado do Pão Quente Diário. 

Para ler todo o artigo, clique no link abaixo. 

“Mas também, se padecerdes por amor da justiça, sois bem-aventurados.”.
 (1 Epístola do Apostólo Pedro 3:14a)


             Admitamos: a jornada cristã é um imenso desafio. Nossas vidas, se de fato pretendemos seguir ao Senhor, são marcadas por situações e sentimentos que podem, circunstancialmente, envergar a alma e abater o coração, pois experimentamos a oposição, o ódio, a mentira e a exclusão.

           Viver a verdade e lutar por ela em tempos de dissimulação e engano; sonhar com a justiça e praticá-la, quando experimentamos em nós mesmos e ao redor a humilhação, a covardia e a extorsão; conceder o perdão em ambientes que só conhecem a vingança como forma de retribuição; e amar e celebrar a vida nos espaços que apontam para a morte, são sinais da felicidade entre nós. Contradições que acompanham aqueles que olham para Jesus.

           É assim que podemos compreender que o encanto e o encontro com o evangelho não se tornam significativos por aquilo que recebemos ou possuímos, mas pelo que somos capazes, em Cristo, de oferecer. Esvaziamentos. Entregas permanentes do que somos para o bem comum.

           A mensagem do Reino inagura uma nova maneira de interpretar a existência e descobrir a felicidade. Quem sabe, está próximo o tempo oportuno para rever nosssas centralidades. Olhar para além do que desejamos conquistar é um primeiro gesto para todos aqueles que pretendem encontrar alegria, paz, serenidade, equilíbrio, humildade e gratidão.

           Ao contrário do que muitos afirmam, a felicidade não virá com o muito que recebemos, porém com tudo que somos capazes de dar.


Rev. Sérgio Andrade
Deão da Catedral Anglicana da S.S. Trindade - Recife
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Última atualização em Qui, 24 de Julho de 2008 17:00
 
Enquete
On-line
Nós temos 54 visitantes online
Últimas Notícias
Mais Lidos
O Ministério Operação Reconstrução é Afiliado a Igreja Presbiteriana de Rio Doce - Olinda-PE