"Abre a tua boca a favor do mudo... - Provérbios 31:8" ANO 28  
Menu
Início
Notícias
Nossa História
Artigos
Links
Fale Conosco
Fotos & Flashs
Enquetes
Igreja Presbiteriana
Audio (Podcast)
Video
Biblia Online
Teatro
Quem somos?
Peças
Oficina
Agenda
Notícias
Música
Quem somos?
Homenagem
Agenda
Notícias
Jornalismo
Quem somos?
Jornal ENFOK
Projetos
Agenda
Notícias
Procurar


A Graça é Suficiente! PDF Imprimir E-mail

graca

 

O Que é melhor para nós pela ótica de Deus? Qual deve ser nossa atitude diante de Deus e das adversidades da vida? Que bom exemplo Jó nos deixa? Neste excelente artigo do Rev. Ézio Lima extraído do Pão Quente Diário você saberá muito mais.

 

"Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido.
Quem é este que sem conhecimento obscurece o conselho? por isso falei do que não entendia;  coisas que para mim eram demasiado maravilhosas, e que eu não conhecia. Ouve, pois, e eu falarei; eu te perguntarei, e tu me responderas.Com os ouvidos eu ouvira falar de ti;mas agora te vêem os meus olhos.Pelo que me abomino, e me arrependo no pó e na cinza”. 
(Jó 42.2-5)
         
O capítulo 42 de Jó nos mostra um homem que se prostra em adoração diante do Deus Soberano. Os entulhos dos questionamentos fundamentados no seu egoísmo são retirados à medida que Jó tem uma percepção do amor de Deus que é eterno e que, por isso, o atrai com benignidade ( Livro do profeta Jeremias 31.3). Jó se cala, porque se encontra com o Deus cujo Amor Eterno o envolve em tal medida que as explicações, requeridas em boa parte do livro, agora se tornam desnecessárias.

No encontro com o Deus que vem ao seu encontro, Jó aprende que Deus está mais longe e mais alto do que a religiosidade humana. A experiência com Deus, ao olhar para a Sua face –linguagem que opõe a religiosidade superficial à experiência da conversão genuína, faz com que os questionamentos percam o sentido. “Aquele que esperava sair do cadinho como do ouro puro” (Jó 23.10), se prostra em adoração (Jó 42.6)

A fé que nasce na graça é a que Jó conhece no encontro com Deus. É amar a Deus não pelo que Ele Lhe concede, mas por aquilo que Ele é. A fé oriunda da Graça nos faz lançar o olhar para a face de Deus a fim de conhecê-LO, e não para as Suas mãos, a fim de receber algo.

A experiência de Jó não pretende explicar e pôr um fim ao problema do sofrimento humano. As respostas que Jó esperava receber de Deus não lhe são dadas.  Ao invés de respostas, ouve-se um turbilhão de perguntas às quais não pode responder. Jó, assim, descobre qual é o seu lugar! O falador e inquiridor se transforma no homem silencioso, imerso na experiência do conhecimento da soberania de Deus. Jó se dá conta que o trono do Universo não está vazio. Todas as coisas estão no controle daquele que tudo pode e cujos planos não podem ser impedidos.

A necessidade de explicação dá lugar à participação, à comunhão, à experiência com o Soberano Senhor e Criador de todas as coisas. Tal participação, é verdade, “não desfaz o enigma do sofrimento no universo, mas permite ao homem viver. Ele não está mais prostrado pelo escândalo. Não está mais fascinado pelo nada. A sua fé o liga ao Ser. Ele vive na perspectiva da sola gratia”. (Dr. Samuel Terrien)

Não é intenção do livro de Jó resolver o problema do sofrimento, mas mostrar o triunfo da fé que repousa na graça quando do despojamento completo do eu. Jó prenuncia, portanto, séculos e séculos antes do Apóstolo Paulo, a doutrina cristã de que a graça é suficiente quando somos privados das demais coisas! (2 Coríntios 12.9)

“Ó Senhor, tu sabes o que é melhor para nós, faça-se aquilo que te aprouver. Dá o que quiseres, na quantidade que quiseres e no tempo que te aprouver. Faze de mim como achares melhor e o que mais te agradar. Põe-me onde quiseres, e trata comigo em tudo de acordo com o que tu queres. Eis-me, o teu servo pronto para tudo, pois eu desejo não viver para mim mesmo, porém para ti; e quem me dera fazer isto digna e perfeitamente” . (Thomas à Kempis – 1379-1471).

Rev. Ézio Martins de Lima
Igreja Presbiteriana Independente
Central de Brasília
http://reveziolima.blogspot.com
Última atualização em Sex, 04 de Julho de 2008 17:47
 
Enquete
On-line
Nós temos 55 visitantes online
Últimas Notícias
Mais Lidos
O Ministério Operação Reconstrução é Afiliado a Igreja Presbiteriana de Rio Doce - Olinda-PE